FLORINEFE 0,1MG 100 COMPRIMIDOS - BRISTOL (REFRIGERADO) ( Fludrocortisona)

Código do produto: 7896016801839

Disponível: Sem estoque

Descrição Rápida

FLORINEFE 0,1 MG 100 COMPRIMIDOS - BRISTOL (REFRIGERADO) - ONDE COMPRAR


SÓ PODERÁ SER ENVIADO ATRAVÉS DO SEDEX OU SEDEX 10.


Agora você pode comprar Florinefe 0,1 miligrama caixa contendo 100 comprimidos com o melhor preço na Oncoexpress Medicamentos Especiais e Oncológicos - Sua Farmácia On-Line em SP.


 


Visualizar Bula

Disponível: Sem estoque

R$297,99

Detalhes

FLORINEFE 0,1 MG 100 COMPRIMIDOS - BRISTOL (REFRIGERADO)

Laboratório Bristol

Apresentação de Florinefe

Florinefe é apres. em fr. c/ 100 compr. sulcados de 0,1 mg. Florinefe  

Indicações Florinefe é indicado como Florinefe de substituição parcial nos casos de insuficiência adrenocortical (Doença de Addison) primária e secundária, e para o tratamento da síndrome adrenogenital de perda de sal.

Contra-indicações de Florinefe Florinefe é contra-indicado em pacientes com suspeita ou com hipersensibilidade conhecida a hidrocortisona ou a qualquer dos ingredientes inativos.

Advertências Gerais Reações adversas a corticosteróides podem ser produzidas pela interrupção ou pelo emprego contínuo de doses elevadas. A fim de evitar a insuficiência adrenal induzida pela droga, dosagem de suporte pode ser necessária em períodos de stress (tais como trauma, cirurgia, ou doença grave), tanto durante o tratamento com Florinefe como durante o período subseqüente de 12 meses. Ocorre uma exacerbação do efeito corticosteróide em pacientes com hipotireoidismo (produção insuficiente de hormônio da tireóide) e naqueles com cirrose. Corticosteróides devem ser usados com precaução em pacientes com herpes simples ocular devido a uma possível perfuração da córnea. Perturbações psíquicas podem ocorrer quando do uso de corticosteróides. Deve-se usar corticosteróides com precaução em pacientes com colite ulcerativa inespecífica (se existir probabilidade de perfuração, abcesso ou outra infecção piogênica), com diverticulite (inflamação do divertículo), anastomoses intestinais recentes, úlcera péptica ativa ou latente, insuficiência renal, glomerulonefrite aguda (inflamação do glomérulo), nefrite crônica (inflamação do rim), hipertensão (aumento da pressão arterial), insuficiência cardíaca-congestiva, tromboflebite (inflamação da veia associada com a formação de trombos), tromboembolismo, osteoporose, exantema (erupção cutânea), síndrome de Cushing, diabetes mellitus, distúrbios convulsivos, carcinoma metastático e miastenia grave (debilidade muscular). Além disso, a corticoterapia provoca irregularidades menstruais e hiperacidez ou úlcera péptica. Recomenda-se uma ingestão adequada de proteínas para pacientes sob tratamento longo com corticósteróides para contrabalançar qualquer tendência à perda de peso ou fraqueza muscular associadas ao balanço negativo de nitrogênio.

Carcinogênese, Mutagênese e Comprometimento da Fertilidade Não existem dados suficientes para se determinar se o acetato de fludrocortisona tem atividade mutagênica ou carcinogênica ou se afeta a fertilidade em machos ou fêmeas. Uso na gravidez de Florinefe Muitos corticosteróides mostraram ser teratogênicos em animais de laboratório, em baixas doses. Já que estudos adequados de reprodução humana não têm sido realizados com corticosteróides, o uso destas drogas na gravidez, na amamentação ou por mulheres com probabilidade de engravidar deve ser analisado para os possíveis benefícios da droga contra os danos potenciais para a mãe, o embrião, feto ou lactente.

Recém-nascidos de mães que receberam doses substanciais de acetato de fludrocortisona durante a gravidez devem ser cuidadosamente observados para sinais de depressão adrenal Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Interações medicamentosas de Florinefe Quando usadas concomitantemente, as seguintes drogas podem interagir com os adrenocorticosteróides: aumento da hipocalemia (baixa concentração de potássio no sangue). Os níveis de potássio sérico devem ser avaliados periodicamente; se necessário, usar suplementos de potássio. Anticolinesterases - efeitos do agente anticolinesterase podem ser antagonizados.

Anticoagulantes orais - os corticosteróides podem aumentar ou diminuir a ação anticoagulante. Drogas antidiabéticas (agentes orais e insulina) - têm seu efeito hipoglicemiante diminuído. O paciente deve ser monitorado para os sintomas de hiperglicemia; a dosagem da droga antidiabética deve ser ajustada, se necessário.

Drogas antituberculose - as concentrações séricas de isoniazida podem estar diminuídas em alguns pacientes. Ciclosporina - pode haver aumento das atividades da ciclosporina e dos corticosteróides quando são administrados concomitantemente. Glicosídeos Digitálicos - risco maior de arritmias ou intoxicação digitálica associada á hipocalemia. Os níveis de potássio sérico devem ser controlados; se necessário, usar suplementos de potássio. Estrógenos (inclusive contraceptivos orais) - a meia-vida e a concentração do corticosteróide podem aumentar e o clearance diminuir. Indutores das enzimas hepáticas (p.ex.: barbituratos, fenitoína, carbamazepina, rifampicina) - o clearance metabólico da fludrocortisona aumenta Hormônio do crescimento humano (p.ex.: somatrem) - o efeito promotor do crescimento que o somatrem possui pode estar inibido. Cetoconazol - o clearance do corticosteróide pode diminuir, resultando em efeito terapêutico exacerbado. Relaxantes musculares não-despolarizantes - os corticosteróides podem diminuir ou aumentar a ação bloqueadora neuromuscular. Agentes antiinflamatórios não-esteroidais - aumento do efeito ulcerogênico; diminuição do efeito farmacológico do ácido acetilsalicílico. Drogas tireoideanas - o clearance metabólico dos adrenocorticóides é menor em pacientes com hipotireoidismo e maior em pacientes com hipertireoidismo (aumento excessivo da produção de hormônio da tireóide). Vacinas - complicações neurológicas e ausência de resposta imunológica podem ocorrer quando pacientes em corticoterapia são vacinados. Informe ao seu médico se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Florinefe

A maioria das reações adversas de Florinefe são causadas pela atividade mineralocorticóide da droga e incluem hipertensão, edema, hipertrofia cardíaca, insuficiência cardíaca congestiva, perda de potássio e alcalose hipocalêmica. Quando a fludrocortisona é usada nas dosagens recomendadas, os efeitos colaterais glicocorticóides não estão normalmente presentes, entretanto, os seguintes efeitos adversos têm sido espontaneamente relatados em dois ou mais pacientes em tratamento com Florinefe: anorexia, convulsões, diarréia, cefaléia, atrofia muscular, miastenia, superdosagem, síncope, alterações do paladar, alucinações. Florinefe

Posologia

Insuficiência adrenocorticóide (crônica) Na doença de Addison, a associação de Florinefe com um glicocorticóide, tal como a hidrocortisona ou cortisona, representa terapia de substituição para uma atividade adrenal normal aproximada. A dose usual para adultos, adolescentes e pacientes idosos é de 1 comprimido (0,1 mg) de Florinefe ao dia, embora se empregue dosagens variando de 1 comprimido (0,1 mg) três vezes por semana a 2 comprimidos (0,2 mg) diariamente. Se houver desenvolvimento de hipertensão como uma conseqüência da terapia, a dose deve ser reduzida para 0,05 mg ao dia. Administra-se preferivelmente Florinefe em associação com a cortisona (de 10 mg a 37,5 mg ao dia em doses divididas) ou hidrocortisona (de 10 mg a 30 mg em doses divididas). Síndrome Adrenogenital com perda de sal A dose recomendada para o tratamento da Síndrome Adrenogenital com perda de sal é de 1 comprimido (0,1 mg) a 2 comprimidos (0,2 mg) de Florinefe ao dia. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Superdosagem Crônica O desenvolvimento de hipertensão, edema, hipocalemia, aumento excessivo de peso e aumento do tamanho do coração podem ser sinais de superdosagem de acetato de fludrocortisona. Quando forem observados, a administração da droga deve ser suspensa, após a qual os sintomas costumam diminuir dentro de alguns dias; a continuação do tratamento com o acetato de fludrocortisona deve ser feito, se necessário, com uma dose reduzida. Fraqueza muscular pode ser observada devido à excessiva perda de potássio, podendo ser tratada pela administração de suplementos de potássio. O controle regular da pressão arterial e dos eletrólitos séricos podem ajudar a prevenir a ocorrência de superdosagem. Aguda Para superdosagem aguda, o tratamento inclui lavagem gástrica e medidas de suporte usuais.

Pacientes idosos: Os efeitos adversos de corticosteróides sistêmicos, tais como osteoporose ou hipertensão podem estar associados com conseqüências mais sérias em pacientes idosos. Portanto, recomenda-se supervisão clínica cuidadosa.

Florinefe - Informações

Os corticosteróides parecem agir, ao menos em parte, no controle da velocidade da síntese de proteína ao nível celular. A relação entre esta atividade e os efeitos metabólicos não está completamente explicada. A ação fisiológica do acetato de fludrocortisona é semelhante à da hidrocortisona, mas o efeito glicocorticóide é 15 vezes maior e o efeito mineralocorticóide é 125 vezes maior. A reabsorção de sódio nos túbulos distais dos rins parece contribuir para a ação fisiológica característica dos mineralocorticóides. Os mineralocorticóides agem sobre os túbulos distais dos rins. Em pequenas doses, o acetato de fludrocortisona produz marcante retenção de sódio e aumenta a excreção urinária de potássio e hidrogênio. Proporciona elevação da pressão sangüínea, aparentemente decorrente de sua ação sobre os níveis de eletrólitos. Em altas doses, o acetato de fludrocortisona inibe a secreção endógena do córtex adrenal, a atividade tímica e a excreção da corticotrofina hipofisária; proporciona depósito de glicogênio no fígado e, se não houver ingestão adequada de proteína, poderá provocar balanço negativo de nitrogênio.

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.

Queremos saber sua opinião

Produto: FLORINEFE 0,1MG 100 COMPRIMIDOS - BRISTOL (REFRIGERADO) ( Fludrocortisona)

RINS com as melhores condições é na Oncoexpress
É a melhor opção para comprar RINS com melhor preço. Faça seu pedido com as melhores condições de pagamento. Fale conosco e peça agora!